Time de vôlei feminino de Quissamã quer manter liderança na Liverj

Em primeiro lugar na tabela, as meninas quissamaenses terão como adversárias o ACM Lapa


16 de Outubro de 2019 | 17h34

Após a conquista da Copa Jumper de Voleibol Adulto, no último fim de semana, a equipe feminina de Quissamã tem novo desafio pela frente. No próximo domingo (20), acontecerá a última rodada da fase classificatória da Liga de Voleibol do Estado do Rio de Janeiro (Liverj), no ginásio do Clube dos Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica, em Cascadura, zona norte de Rio. Em primeiro lugar na tabela, as meninas quissamaenses terão como adversárias o ACM Lapa, que ocupa a 12ª posição, e o VolleyShow, 7º colocado na Liga A.

Com Quissamã em primeiro, a tabela segue com o CQV, em segundo; Cariocas da Gema, em terceiro; e o Estrelas, em quarto lugar. Algumas mudanças podem ocorrer na última rodada, quando ficarão definidos os times classificados para as Copas Ouro (1º ao 4º lugar); Prata (5º ao 8º); e Bronze (9º e 10º). E então as equipes partirão para as semifinais, no dia 3 de novembro. As finais estão marcadas para 1º de dezembro.

“Estamos na reta final da fase classificatória e teremos os dois últimos jogos neste domingo. Estamos na liderança, mas muita coisa pode acontecer. É uma disputa muito equilibrada e vamos manter o foco para alcançarmos nosso objetivo”, esclareceu o técnico Luís Felipe Almeida.

Para a capitã da equipe, Raquel Paula, o momento é de concentração para os próximos confrontos, que definirão as colocações na tabela. “Enfrentaremos times que não estão entre os primeiros, mas hoje a competitividade é grande e tudo pode acontecer. Por isso, entraremos em quadra respeitando o adversário, mas buscando a vitória nas duas partidas. Queremos garantir vaga nas semifinais da Copa Ouro e, depois, buscar o título”, afirmou.

 

 

 

 

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.