Polícia Civil deflagra terceira fase da operação Guadalajara

Até o momento, cinco pessoas já foram presas


19 de Setembro de 2019 | 12h56

A Polícia Civil realizou na manhã desta quinta-feira (19) a terceira fase da operação Guadalajara, que resultou em cinco presos (quatro homens e uma mulher) no Parque Santa Rosa por envolvimentos em homicídios e tráfico de drogas na região de Guarus.

O Delegado titular da 146° DP, Pedro Emílio Braga, contou detalhes sobre a operação.

"Mais uma fase da operação Guadalajara, que começou no primeiro semestre. Operação que é um projeto da Polícia Civil, através da 146° DP, mas sempre contando com o apoio da Polícia Militar. A operação de hoje foi situada no bairro das casinhas de Nolita, local onde dezena de homicídios foram praticados esse ano, uma área extremamente tensa. Hoje viemos deflagrar, a Polícia Civil e Militar, essa operação conjunta visando o cumprimento de oito mandados de prisão, sendo que até esse presado momento, cinco mandados de prisão foram cumpridos. Com relação a esses outros três, a Polícia Civil e Militar permanecem no levantamento de informações que possa nos levar a conhecer os paradeiros desses criminosos e especificamente vale citar o caso da morte de Maurício Baiano, que era proprietário de um bar na comunidade e que foi assassinado por diversos traficantes no local. Esse trabalho inicia-se no bojo dessa investigação, que foi levada a efeito nos últimos 45 dias e termina hoje de forma exitosa, tendo apurado com bastante clareza de elementos, a responsabilidade dos autores do fato. 

O tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, comandante do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM), falou sobre a importância do trabalho da polícia na região.

"É sempre importante trabalhar de forma integrada. Sabemos que esses resultados em parceria com a Polícia Civil refletem de forma contundente no nosso policiamento, principalmente na segurança dessas regiões que requerem um controle mais de perto. Foram retiradas das ruas pessoas que comprometiam esse nosso controle criminal. Sempre que for necessário, a Polícia Militar sempre estará presente. É assim diariamente".

 

Fonte: Redação


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.