Prefeitura desmente boato de que médico do HGG estaria com tuberculose

Dois funcionários da unidade tiveram pneumonia bacteriana não transmissível


11 de Setembro de 2019 | 15h41

Depois de circular em redes sociais e até em veículos de comunicação, nesta quarta-feira (11), a informação de que um médico do Hospital Geral de Guarus estaria com tuberculose, a prefeitura de Campos emitiu uma nota oficial para desmentir o caso.

Foi divulgado que além desse médico, outros dez profissionais estariam contaminados com alguma doença pulmonar. Além disso, setores do HGG, onde esses profissionais atuam, poderiam ser afetados ou até fechados.

Por meio de nota a prefeitura desmentiu o caso:

A superintendência do Hospital Geral de Guarus informa que não há funcionários com tuberculose na unidade. Recentemente, dois funcionários apresentaram pneumonia bacteriana não transmissível, fizeram todos os exames necessários e estão em tratamento.

O HGG ressalta que todos os pacientes que chegam com suspeita de tuberculose recebem o atendimento adequado e, quando confirmado o diagnóstico, são isolados ou transferidos para o Hospital Ferreira Machado.


1 COMENTÁRIO


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


André

13/09/2019 | 07h18
Não sabemos em quem acreditar, no povo ou no prefeito. Mas acredito no que o povo diz, pois o prefeito vem de mentiras desde que assumiu.