Construção de nova via de acesso às praias é solicitada na Câmara de SJB

Legislativo também aprovou a desapropriação de uma área de terra para ligar a BR-356 à SB 02


11 de Setembro de 2019 | 14h00

Entre as matérias aprovadas na sessão desta quarta (11) pela Câmara de São João da Barra, o plenário aprovou indicação de Ronaldo Gomes, propondo ao Executivo, a desapropriação de uma área de terra para ligar a BR-356 (na altura do parque de exposições) à SB 02 (que liga o bairro de Fátima a Degredo). "Essa nova via daria acesso também àquela estrada conhecida como 'Novilha Rebelde', que inicia na BR-356 e vai até Chapéu do Sol, criando, assim, uma opção para os motoristas que querem ir para a praia. Outra boa sugestão é a reabertura da antiga Estrada da Restinga (ligando Chapéu do Sol à Avenida Liberdade)", explicou Ronaldo.  

A vereadora Sônia Pereira (Soninha) solicitou ao Executivo que seja concedido um desconto de 80% sobre multas e juros de IPTU e alvará de funcionamento aos contribuintes inadimplentes.  E em conjunto com o vereador Alex Firme, sugeriu a implantação da operação de cataratas no município. Segundo eles, é grande o número de pacientes que necessita fazer essa cirurgia.

Franquis Arêas apresentou requerimento à Anatel, solicitando a colocação de torres de transmissão e recepção para celular no 5° distrito e, ainda, a reforma da quadra de esportes do Açu, que se encontra com problemas no telhado. Aluizio Siqueira requereu o calçamento das ruas dos bairros Nossa Senhora Aparecida e Telê Santana (Grussaí) e a colocação de um veículo para transportar os pacientes do CAPS da localidade de Grussaí para a sede do CAPS em Atafona.

Gerson Crispim (Gersinho) solicitou à Prefeitura que providencie o pagamento dos direitos trabalhistas aos ex-funcionários (contratados e nomeados) do governo Neco no ano de 2016. Além disso, pediu a colocação de um odontólogo em Palacete.  O plenário também aprovou requerimento do vereador Ronaldo, propondo o replantio de palmeiras imperiais que foram retiradas por motivo de segurança.

Fonte: Ascom


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.