Detran abre agendamento para placas 5 e 6, mas motoristas têm dificuldade de marcação do licenciamento

Os agendamentos para as placas com finais 0, 1, 2, 3 e 4 têm o prazo final o dia 31 de julho.


11 de Julho de 2019 | 12h51

O Detran abriu, nesta quinta-feira, o agendamentos de licenciamento anual sem vistoria para veículos com finais de placa 5 e 6. O prazo para a regularização desses veículos termina em 31 de agosto. O motorista precisa marcar a retirada do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) 2019 pelo site ou pelo teleatendimento (3460-4040 ou 3460-4041, na Região Metropolitana/ 0800-020-4040 ou 0800-020-4041, no interior).

Os agendamentos para as placas com finais 0, 1, 2, 3 e 4 têm o prazo final o dia 31 de julho. Motoristas, no entanto, enfrentam dificuldades para marcar em postos próximos à sua residência.

Demanda maior que o normal

Em nota, o Detran informou que "o sistema de agendamento está funcionando normalmente e todos os dias novas vagas são abertas para disponibilizar o serviço à população. Devido à aproximação do prazo final para o licenciamento anual dos veículos com finais de placa 0, 1, 2, 3 e 4, a demanda pelo agendamento está maior do que o normal, e algumas unidades apresentam mais procura do que outras. Como o serviço é limitado pela capacidade de atendimento dos nossos funcionários, pedimos sempre à população que não deixe para agendar na última hora."

Na nota, o órgão frisou ainda que "o final de placa zero inicialmente expirava em 31 de maio. Os finais de placa 1 e 2 expiravam em 28 de junho. Todos foram prorrogados para o próximo dia 31 de julho com o objetivo de diluir o atendimento. Para que não haja acúmulo de serviço novamente, frisamos o calendário abaixo de vencimento do licenciamento para os próximos finais de placa: 5 e 6 - até 31/08/2019; 7 e 8 - até 30/09/2019; e 9 - até 31/10/2019. Os finais de placa 5 e 6 já podem agendar o serviço".

Como obter o licenciamento

Para obter o CRLV, o proprietário do veículo precisa emitir a guia no valor de R$ 202,55 no site do Bradesco. Após a compensação do pagamento, é preciso fazer o agendamento, para a retirada do documento em uma unidade do Detran.

Já quem está pendente do licenciamento de anos anteriores e também é isento de vistoria, com qualquer final de placa, pode ir às unidades do Detran.RJ, sem agendamento prévio. Mas é preciso quitar a Guia de Recolhimento de Taxas (GRT), no valor de R$ 202,55. Os veículos cujo licenciamento depende de vistoria continuam com o procedimento normal.

Para fazer o licenciamento, de acordo com a Lei 8269/18, devem efetuar antes o pagamento do seguro DPVAT, no site da Seguradora Líder: www.seguradoralider.com.br.

 

Fonte: Extra/Online


1 COMENTÁRIO


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Jairo Rezende

12/07/2019 | 07h33
Este órgão é de longe o mais incompetente e falido em termos de gestão, é incompreensível a demora para se imprimir um documento sendo que não tem mais vistoria.