Alerj adia audiência sobre insegurança na Niterói-Manilha

Audiência sobre a insegurança no trecho da Niterói-Manilha, na BR 101, que aconteceria nesta quinta-feira (13), será dia 1º de agosto.


12 de Junho de 2019 | 14h21

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) informou que adiou a audiência pública das comissões de Segurança Pública e de Turismo sobre a insegurança no trecho da Niterói-Manilha, na BR 101, que aconteceria nesta quinta-feira (13/06), para o dia 1º de agosto.

O local ficou conhecido como “terra de ninguém” por causa dos inúmeros casos de arrastões que acontecem a qualquer hora do dia. A reunião está marcada para o Auditório Deputada Andreia Zito, na Escola do Legislativo, a partir das 10h.

Membro da Comissão de Segurança Pública, o deputado estadual Bruno Dauaire (PSC) relatou o medo dos motoristas.  “Esse trecho é a porta de entrada da capital para quem vem do interior e a porta de entrada da Região dos Lagos para quem sai da Região Metropolitana. Frequentemente  utilizo a BR 101 para ir e voltar de Campos e São João da Barra para o Rio e os relatos dos motoristas que foram vítimas dos arrastões são de pavor. Não podemos aceitar essa situação”, disse. 

Dauaire ainda lembrou do impacto que a insegurança traz para o turismo de áreas importantes do estado e afirmou que a solução passa por uma ação integrada. “As notícias e vídeos das ações dos bandidos se espalham rapidamente na internet e as pessoas estão com medo. Isso impacta diretamente na economia da Região dos Lagos, que recebe um grande número de turistas da capital nos finais de semana e durante o verão. A solução passa por uma ação integrada de todas as forças de segurança e é nisso que precisamos trabalhar”, finalizou.

Fonte: Ascom


4 COMENTÁRIOS


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Edinalva Araújo Da Silva

14/06/2019 | 20h39
Realmente uma vergonha Isso aqui já virou putaria Porque assaltar trabalhador Cadê nossos governantes Não estão nem aí só Deus mesmo é um absurdo

Diego

13/06/2019 | 23h01
Realmente , virei estatistica do Hell de janeiro as 11:00 da manha dentro do onibus ...

Luciano Ferreira

13/06/2019 | 02h13
Realmente ha relatos de quase todos os dias, sobre assaltos na BR 101, sera que nao seria passivo de se aumenta o efetivo da PRF fazendo rondas de carros e motocicletas ja que e uma via importante para o Estado e margea varios municipios, poderia se pensar tambem em instala cameras de seguranca, sei que nao diminuiria os crimes praticados pelos meliantes, mas ao menos seriam de facil identificacao.

Ana Maria Costa Dominguez

12/06/2019 | 21h42
Lamentável! Gente morrendo, tornando-nos reféns de vagabundos e depois querem votos. Primeiro vamos trabalhar. Estamos ilhados com medo de cruzar uma das principais vias de acesso do país