Cabo é morto ao lado do irmão, também PM, ao reagir a assalto

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do agente. A corporação informou que o cabo era solteiro e estava na corporação desde dezembro de 2012


10 de Junho de 2019 | 11h10

Um cabo da Polícia Militar foi morto a tiro, no início da manhã desta segunda-feira, ao reagir a um assalto na Pavuna, Zona Norte do Rio. Rodrigo Queto Sardinha, de 33 anos, estava ao lado do irmão, também PM. Os dois iam de carro para o trabalho quando trocaram tiros com três bandidos.

O crime ocorreu por volta das 5h30, na Estrada Rio do Pau, no trecho perto da Igreja de Santo Antônio. O PM — que era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro da Providência — e o irmão viram um carro que seguia na frente deles ser assaltado.

Os agentes reagiram e houve troca de tiros. No confronto, Rodrigo acabou sendo atingido na cabeça. Ele ainda foi levado para o Hospital estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, também na Zona Norte, mas não resistiu ao ferimento. Os criminosos fugiram. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios (DH) da Capital.

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do agente. A corporação informou que o cabo era solteiro e estava na corporação desde dezembro de 2012. Ainda não há informações sobre o seu sepultamento.

 

Fonte: Extra/Globo

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.