Prefeitura de Campos discute contorno da BR-101 em reunião

Na pauta da reunião, foram discutidas questões como segurança pública na BR-101/RJ; obras de melhorias, terceira faixa, duplicação entre o Km 144 e Km 190


05 de Junho de 2019 | 12h50

A Prefeitura de Campos, através da secretaria de Desenvolvimento Econômico do Município, esteve representada na tarde desta terça-feira (04) em reunião na cidade de Niterói para discutir as próximas diretrizes sobre o contorno da BR-101, além da duplicação da rodovia federal no trecho de Campos.  Na pauta da reunião, foram discutidas questões como segurança pública na BR-101/RJ; obras de melhorias, terceira faixa, duplicação entre o Km 144 e Km 190 e, principalmente, contorno de Campos, que será tratado em mais detalhes na próxima semana em visita já agendada com o diretor de Operações da Arteris (que administra a rodovia), Helvécio Tamm.  Na ocasião, o secretário de Desenvolvimento Econômico do Município, Felipe Quintanilha, representou o município de Campos junto a instituições como a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), Arteris Fluminense, Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre outros.

- Entramos no assunto mais impactante para o município, atualmente, que é o contorno em Campos. Expusemos que os campistas não aguentam mais esperar uma solução que nunca vem. Só quem mora em Campos sabe o transtorno diário que é ter todo o trânsito da BR-101 cortando a área urbana do município e que precisamos urgentemente de uma solução para isso. Diante disso, o Diretor de Operações da Arteris informou que o projeto de duplicação, alterado na gestão anterior, ainda encontra-se pendente de aprovação ambiental e que, diante da situação apresentada por nós, que contou inclusive com o apoio da ANTT, se comprometeu a apresentar imediatamente uma alternativa para solução do contorno, onde foi agendada uma visita a Campos na semana que vem para uma nova reunião com o Prefeito Rafael Diniz - explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Felipe Quintanilha.


Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, a reunião foi extremamente importante e produtiva. “Terminamos com um grande avanço que é trazer essa reunião do Grupo Paritário de Trabalho para Campos.  De forma muito clara, nós pudemos discutir assuntos importantes, cobrar da Arteris Fluminense e da ANTT a duplicação da BR-101 em vários trechos; a questão da segurança dos trechos de Manilha, Niterói, Itaboraí, São Gonçalo, onde será construída uma terceira faixa para diminuir o congestionamento que torna mais vulnerável quem está passando pela pista mas, especialmente, o contorno em Campos, onde nós pudemos deixar clara a nossa percepção de que não dá para continuar sem ele e que, mesmo com o projeto pendente, nós precisamos criar uma solução alternativa para o contorno, essencial para o desenvolvimento do município e para melhorar a qualidade de vida dos campistas que cruzam a BR todos os dias”, informa.


- Como é do conhecimento de todos, a segurança pública é um dos principais assuntos no que diz respeito a BR -101, especialmente no trecho entre Manilha e Niterói, e isso foi alvo de intensa discussão, onde foram apresentados projetos para criação da terceira faixa no trecho, que teve obra iniciada em abril e tem previsão de conclusão em 24 meses. Isso permitirá que o trânsito flua melhor no trajeto, diminuindo o congestionamento que torna os usuários da pista mais vulneráveis a criminalidade - pontua Quintanilha.

Para próximas definições, ficou agendada uma reunião do Grupo Paritário de Trabalho em Campos no dia 11 de setembro, às 14h, na sede da representação da Firjan Regional Fluminense.

 

Fonte: Supcom


1 COMENTÁRIO


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Otavio

06/06/2019 | 08h54
Há algum tempo ouvi um comentário sobre o desvio do fluxo da BR-101. Falava -se que o projeto nunca sairia do papel por pressão dos empresários que exploram comércio nas imediações...