Emenda para divulgar cem maiores devedores do estado é rejeitada na Alerj

Deputados discutiram a possibilidade de obrigar o governo a divulgar os 100 principais inscritos na Dívida Ativa


04 de Junho de 2019 | 15h41

A reunião da Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro chegou a ter momentos acalorados nesta terça-feira (4), quando os deputados discutiam a possibilidade de obrigar o governo a divulgar os 100 principais inscritos na Dívida Ativa por meio de uma emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2019.

O autor da emenda, Eliomar Coelho (PSOL), não gostou nem um pouco quando a discussão descambou para uma acusação a prefeitos do interior de incluir empresas na lista de devedores como forma de combate político.

"Jamais vi o estado ser acusado de inscrever alguém em dívida ativa por perseguição política. O estado quer se vingar da Petrobras, da Ambev?", questionou Luiz Paulo (PSDB), amenizando o tom da discussão.

Apesar de concordar não se tratar do caso, o líder do governo, Márcio Pacheco (PSC) argumentou que seria melhor implementar a norma de transparência por meio de um projeto de lei — e inclusive se ofereceu para assinar como coautor.

Eliomar Coelho (PSOL), Martha Rocha (PDT) e Luiz Paulo foram favoráveis à medida, mas foram derrotados por Márcio Pacheco (PSC), Chico Machado (PSD), Rodrigo Amorim (PSL) e Rodrigo Bacellar (SDD).

Fonte: Extra


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.