Rio permanece em estágio de crise neste sábado

Túnel onde placas desabaram será liberado nas próximas horas


18 de Maio de 2019 | 12h57

A cidade do Rio de Janeiro permanece em estágio de crise na manhã deste sábado (18/05) devido aos problemas de mobilidade causados pelo desabamento de placas de concreto do Túnel Acústico Rafael Mascarenhas.

Desde o início da tarde desta sexta-feira (17/05), o túnel está fechado nos dois sentidos, prejudicando o trânsito entre os bairros do entorno da Lagoa Rodrigo de Freitas e as regiões de São Conrado, Rocinha e Barra da Tijuca. O túnel faz parte da Autoestrada Lagoa-Barra, principal ligação entre as zonas sul e oeste do Rio.

Na noite de ontem, a Prefeitura do Rio estimou que o túnel será liberado nas próximas horas e técnicos trabalham no local. O desabamento foi causado pelo deslizamento de 30 toneladas de terra sobre a estrutura do túnel, construído há 40 anos.

A prefeitura informou que a estrutura do túnel é segura e não foi comprometida. As placas de concreto derrubadas serviam como isolamento acústico da Autoestrada Lagoa-Barra e devem ser substituídas por um material mais leve.

O percurso do Túnel Acústico é complementar ao do Túnel Zuzu Angel, que passa sob a Favela da Rocinha. Com o desmoronamento, o Zuzu Angel também teve de ser fechado inicialmente.

Desde a noite ontem, no entanto, a prefeitura reabriu o tráfego somente no sentido Lagoa do Zuzu Angel, com um desvio que segue da saída do túnel para a Rua Marquês de São Vicente pelo Viaduto Graça Couto.

O impacto da interdição do Túnel Acústico no trânsito foi ainda maior na tarde de ontem porque a Avenida Niemeyer também estava fechada, por causa de outro deslizamento de terra. Alternativa de menor capacidade de tráfego entre o Leblon e São Conrado, a via chegou a ser reaberta nos dois sentidos, mas, na manhã de hoje, foi fechada no sentido Leblon. Equipes da prefeitura trabalham em seu percurso, que contorna o Morro Dois Irmãos pela encosta litorânea, onde fica a Favela do Vidigal.

Além dos problemas no trânsito, o Rio de Janeiro tem previsão de mais chuva forte para a tarde de hoje, com raios e ventos de moderados a fortes. Também está em vigor o alerta de ressaca, e a orla da cidade pode ter ondas de até 2,5 metros.

 

Fonte: Agência Brasil


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.