Veja os 15 postos com a gasolina mais barata no Estado

A média mais baixa foi em Nova Friburgo: R$ 4,865. Já na capital, a média é de R$ 4,969.


11 de Maio de 2019 | 10h32

O Estado do Rio de Janeiro é vice-campeão em gasolina mais cara. Só perde para o Acre. Nas últimas quatro semanas, o preço médio do combustível no estado subiu de R$ 4,851 para o valor atual de R$ 4,997, um aumento de 3%. De acordo com o último levantamento semanal de preços publicado no site da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), referente ao período de 5 a 11 de maio, entre os municípios do Rio, Angra dos Reis apresentou o preço médio mais alto, chegando a R$ 5,335. A média mais baixa foi em Nova Friburgo: R$ 4,865. Já na capital, a média é de R$ 4,969.

 

 

 

 

— O preço da gasolina é composto por 45% de imposto, principalmente o ICMS, que é taxado nos estados. E o Rio tem o ICMS mais alto do país, em 34%. Para ter uma noção do quanto é caro, esse imposto em São Paulo é 25%. Então, na verdade, o Rio só costuma ser ultrapassado no ranking do preço final pelos estados cuja distância dos parques distribuidores e refinarias é muito grande, e para os quais o transporte fica muito caro, como o Acre — explica o professor do MBA de Finanças do Ibmec Filipe Pires.

Para diminuir o peso no bolso, a bancária Kelly Ferreira, de 34 anos, há cerca de um ano, alterna os combustíveis que usa, gasolina e GNV, e só utiliza o carro em situações de urgência ou em alguns passeios. Na maioria dos momentos de lazer, ela prefere utilizar aplicativos de viagens compartilhadas ou pegar carona com amigos.

— Passei a andar bem mais de ônibus e Uber para economizar, tanto no dia a dia quanto nos fins de semana. Tentei o etanol também, mas tive um problema no carro e acabei desistindo. Então, decidi instalar o gás. Quando tenho tempo, também vou a vários postos para ver qual é o valor mais em conta — diz a bancária Kelly Ferreira.

 

 

 

Fonte: Extra Globo


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.