Presidente do Americano será julgado pelo TJD-RJ nesta quarta-feira (8)

Carlos Abreu levantou suspeitas sobre manipulação de resultados no Cariocão


07 de Maio de 2019 | 17h49

Presidente do Americano, Carlos Abreu será julgado nesta quarta-feira (8), pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ). A 3ª Comissão Disciplinar será responsável pela primeira instância, em sessão que acontecerá a partir das 18h, na sede da entidade, no Centro da capital fluminense.

O início da polêmica aconteceu em uma entrevista de Carlos Abreu concedida à Rádio Difusora, de Campos dos Goytacazes. Na ocasião, ele levantou suspeitas de manipulação de resultados no Estadual, chegando a citar nomes de árbitros.

Após as declarações de Carlos Abreu, o TJD abriu inquérito buscando apurar preliminarmente as acusações. Árbitros e assistentes (oito ao todo) citados pelo dirigente, além do próprio presidente do Americano, jogadores e o técnico Josué Teixeira, foram chamados para prestar esclarecimentos. O procedimento concluiu que as acusações não tinham base em provas.

Abreu foi denunciado em quatro artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). As penas máximas, somadas, podem resultar em 750 dias de suspensão e ainda uma multa no valor de R$ 300 mil.

Ao término do Campeonato Carioca, o Americano ficou na penúltima colocação da fase principal. Resultado que obriga o Alvinegro a disputar novamente, na edição de 2020, a Seletiva.

Fonte: FutRio


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.