Corrida eleitoral em São João da Barra tem seis possíveis candidatos

Entre eles estão a atual prefeita, deputado, vereadores e um suplente de vereador


22 de Abril de 2019 | 15h05

A menos de dois anos para as eleições municipais em 2020, o clima eleitoral já começa a ganhar forma no meio político nos municípios da região. Em São João da Barra não é diferente. Ao menos seis nomes de possíveis candidatos ventilam entre os eleitores sanjoanenses.

A atual prefeita Carla Machado (PP), o deputado estadual Bruno Dauaire (PSC), os vereadores Aluísio Siqueira (PP), Frank Areas (PR) e vereadora Soninha (PT), além do suplente de vereador na Câmara de SJB, o médico Dr. André Fontoura (PPS), estão entre os cotados.

No entanto, o embate com esses seis nomes ganha uma indefinição por conta do processo eleitoral que se arrasta desde 2012, onde a prefeita Carla Machado está condenada em duas instâncias relativas à Operação Machadada.

Bruno Dauaire por sua vez não assumiu uma possível candidatura, porém não esconde a vontade de assumir o executivo sanjoanense. É cogitada também uma aliança entre o deputado e Carla.

Já o vereador Aluísio Siqueira, que assumiu a presidência do Legislativo sanjoanense no último dia 9, após o vereador Alex Firme renunciar ao cargo, pode começar a costurar alianças na Casa. Por outro lado, os vereadores Frank Areas e Soninha correm por fora.

Por sua vez, o médico e presidente do diretório municipal do PPS, Dr. André Fontoura, é bem cotado entre os munícipes e diz estar disposto, desde que seja um consenso em seu grupo político. Ele é de confiança de Carla e o partido dele, o PPS, foi o primeiro a apoiar a prefeita na candidatura dela a época. André Fontoura tem títulos de cidadão de alguns municípios pelo qual colaborou com ações públicas e conhecimento de gestão pública onde ocupou cargos na área da saúde.

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.