Empresa de transporte público anuncia retomada gradativa em Campos

Segundo a empresa, dos 25 ônibus, apenas 13 estão em condições de circulação


15 de Abril de 2019 | 14h38

A empresa São Salvador, que atua na Baixada Campista, anunciou nesta segunda-feira (15), a retomada gradativa no atendimento das linhas na região. Na Baixada, o trabalho é considerado deficitário pelos passageiros e o transporte alternativo feito por vans é o principal meio para muitos moradores se deslocarem para o Centro da cidade.

Em nota, a empresa informou que desde o mês de janeiro está sob nova direção. Responsável por 10 linhas da Baixada Campista, além de Farol de São Thomé, a empresa anuncia a retomada gradativa do serviço.

Segundo o diretor administrativo e operacional, Gregório de Lima, inicialmente, em razão do sucateamento em que foi encontrada a frota, a empresa teve que redesenhar o planejamento para atender a população.

 — Apostamos no crescimento do município e respeitamos a população campista, sobretudo nossos funcionários. Mantivemos os funcionários antigos e estamos regularizando, junto à Justiça Trabalhista, os pagamentos em atraso. Prova disto, estamos assumindo a empresa para um novo tempo no transporte público de Campos. Uma empresa de Campos a serviço dos campistas — frisou Gregório

Dos 25 coletivos, apenas 13 estão em condições de circulação. Alguns veículos foram encontrados parados e outros apreendidos. Mas dos ônibus em circulação, há unidades com acessibilidade.

Inicialmente, a São Salvador está operando as linhas Farol de São Thomé, Córrego Fundo, Quixaba, Parque Imperial, São Sebastião e Beira do Taí. Há outros itinerários, como Goitacazes, Bulgalho, Parque Saraiva e Donana que estão sendo atendidos, de forma paliativa, com a linha Farol de São Thomé.

 — Estamos trabalhando para o quanto antes resolver as pendências desses veículos e aumentar a frota em circulação, oferecendo um serviço melhor à população. Durante o verão, por exemplo, firmamos uma parceria com a Jacarandá para aumentar a oferta nos horários de pico nas linhas Campos-Farol e Farol-Campos — acrescentou Gregório, que já trabalhou como motorista na empresa.

 

Fonte: Redação


3 COMENTÁRIOS


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Cristiano

15/04/2019 | 23h13
Colocar motorista para cobrar passagens atrasa a viagem

Parlon Rangel Da Silva

15/04/2019 | 21h03
Eu sou morador de São Sebastião e estamos vivendo só de promessas de melhorias que nunca de concretizam. Saímos de casa sem saber se haverá ônibus. Muitas palavras e poucas ações

Deusimar Emerson Campista

15/04/2019 | 15h56
Gostaria de saber com relação aos ônibus do Parque Nova Goitacazes quando vão voltar, pois antes quando as ruas eram de paralelepípedos tinha ônibus, já agora com as ruas asfaltadas não temos mais ônibus. Isso é uma vergonha.