Dois prédios desabam no Rio de Janeiro

Segundo informação do jornal "Bom Dia Rio", da TV Globo, um homem foi resgatado por moradores, que usaram uma porta para improvisar uma maca e socorrer o ferido


12 de Abril de 2019 | 08h10

Dois prédios de quatro andares desabaram na manhã desta sexta-feira na Estrada de Jacarepaguá, 370, na comunidade da Muzema, no bairro de Itanhangá, na Zona Oeste do Rio. Equipes do Corpo do Bombeiros de Jacarepaguá já estão no local.

Segundo informação do jornal "Bom Dia Rio", da TV Globo, um homem foi resgatado por moradores, que usaram uma porta para improvisar uma maca e socorrer o ferido.

Moradores retiraram homem dos escombros apoiado em uma porta, que foi usada como maca

Moradores retiraram homem dos escombros apoiado em uma porta, que foi usada como maca Foto: Reprodução/ TV Globo

Em entrevista ao Bom Dia Rio, uma moradora, identificada como Érica, afirmou que a mãe, Maria Silva de Abreu, estava em casa e pode estar embaixo dos escombros de um dos prédios.

- Aqui, só pensam em construir e vender, não importa as condições - lamenta a moradora.

 

Moradora desesperada conta que a mãe está presa nos escombros

Moradora desesperada conta que a mãe está presa nos escombros Foto: Reprodução/TV Globo

Outro morador da região afirmou que a construção dos prédios são recentes. Segundo ele, os edifícios foram inaugurados há cerca de seis meses.

Os desabamentos aconteceram em uma área alta da comunidade, perto de uma zona de mata.

De acordo com a Prefeitura do Rio, as construções são irregulares e foram feitas em área dominada por milícias.

 

Bombeiros vasculham escombros de prédios que desabaram na comunidade da Muzema

Bombeiros vasculham escombros de prédios que desabaram na comunidade da Muzema Foto: Reprodução/ TV Globo

 

A comunidade Muzema foi uma das mais atingidas pelo temporal que atingiu o Rio de Janeiro. Até esta quinta-feira as ruas da região ainda estavam alagadas.

O Rio encontra-se em estágio de alerta desde a última segunda-feira.

 

Fonte: Extra/Globo


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.