Pescadores realizam coleta de resíduos no Pontal em Macaé

A participação do pescador nessas atividades, no período de março a maio, garante o pagamento de três salários mínimos


22 de Março de 2019 | 14h39

A segunda ação da frente de trabalho do Defeso do Camarão aconteceu nesta sexta-feira (22). Cerca de 500 pescadores cadastrados contribuíram com o meio ambiente. Os profissionais realizaram a limpeza e coleta de resíduos do Pontal. A participação do pescador nessas atividades, no período de março a maio, garante o pagamento de três salários mínimos.

O pescador Eduardo Gonçalves da Silva, que atua há 27 anos na pesca, fala sobre a importância da ação. "Além de ser uma compensação financeira, pois não podemos pescar o camarão nesta época, a iniciativa é importante para o pescador e, também, para o meio ambiente", frisou.

Os pescadores receberam, da secretaria Adjunta de Pesca e Aquicultura, materiais necessários para a coleta, como luva e sacos de lixo. Após o recolhimento, a secretaria Adjunta de Serviços Públicos realizou o descarte dos itens.

Outras informações poderão ser obtidas pelo telefone 2762-8369. O cronograma da frente de trabalho prossegue no dia 29, a partir das 8h30, com a limpeza e coleta de lixo na Praia da Barra.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.