Economia circular é pauta de debates no fórum permanente da Alerj

A ideia é produzir ao final dos debates um documento informativo para o Legislativo estadual sobre a economia circular


21 de Março de 2019 | 14h05

Os desafios para adesão às práticas de economia circular foram tema de debate nesta quarta-feira (20/03) para definir o escopo de trabalho, em 2019, na Câmara de Desenvolvimento Sustentável do Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico do Estado do Rio de Janeiro vinculada à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A ideia é produzir ao final dos debates um documento informativo para o Legislativo estadual sobre a economia circular.

Em 2018, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) lançou a publicação “Economia Circular – oportunidades e desafios para a indústria brasileira”. O documento apresenta o conceito de economia circular, levando em conta a conjuntura e aprendizados nas últimas décadas e busca alternativas que possam agregar valor aos recursos naturais cada vez mais escasso com a demanda por bens de consumo. O intuito é fazer também um recorte do estado com base no estudo.

A economia circular propõe novas formas de produzir, consumir e se relacionar de maneira sustentável, provocando uma redefinição de valores. O primeiro passo será a realização de um painel junto com outras instituições que trabalham com o tema, no dia 10 de abril, abordando quais as tendências de consumo que apontam para a economia circular e quais tipos de leis podem impulsionar e fomentar a adoção deste modelo.

“Um dos objetivos do Fórum é produzir documentos que possam subsidiar tomadas de decisões por parte dos deputados. Vamos primeiro realizar um painel sobre economia circular para então trabalhar numa síntese para orientar os parlamentares na formulação de projetos de lei que contribuam para o desenvolvimento de iniciativas que se encaixem neste modelo”, explicou Geiza Rocha, subdiretora do Fórum de Desenvolvimento do Rio.


1 COMENTÁRIO


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


José Otávio

21/03/2019 | 15h04
É importantíssimo focar na economia do estado é uma bela estratégia , pois este fórum , e trazer estes projetos de economia aos municípios de todo o Estado do Rio de janeiro