Hospital Geral de Guarus segue com revitalização dos setores

Prefeitura está concluindo a reforma de todas as enfermarias de clínica médica


22 de Fevereiro de 2019 | 16h29

Referência no atendimento em emergência, o Hospital Geral de Guarus (HGG) vem, nos últimos dois anos, realizando adaptações em sua estrutura para melhor atender à população. Dentro do cronograma de melhorias da unidade, a Prefeitura de Campos está concluindo a reforma de todas as enfermarias de clínica médica, no total de quatro e climatização em vários setores.

 Os pacientes das enfermarias foram transferidos, provisoriamente, para outras áreas que estavam sem leitos e com acomodações adequadas. Após o retorno destes para as enfermarias devidamente prontas, esta área também passará por obras de reforma. O superintendente do HGG, o médico Guilherme Ribeiro Rangel, explica que essa reforma nas enfermarias inclui, também, os banheiros. A reforma começou neste mês e algumas das enfermarias já estão sendo finalizadas. A maioria dos pacientes fica na Clínica Médica.

 — A sala de pequenas cirurgias também passou por obras de reforma, com colocação de revestimento nas paredes para evitar umidade, além de climatização dos ambulatórios. Houve ainda reforma no refeitório, onde também foram colocados dois aparelhos de ar condicionado, aquisição de cadeiras, entre outras melhorias — finaliza Guilherme Rangel.

Mais ações - Guilherme Rangel acrescenta, ainda, outras intervenções recentes feitas no HGG como a climatização iniciada ainda em 2017, no Centro de Terapia Intensiva. No final do ano passado foi concluída a reforma dos repousos da emergência feminino e masculino, que ganharam climatização com novos aparelhos de ar-condicionado, reforma completa dos banheiros incluindo revestimento completo das paredes, nova pintura, instalação de suporte fixo para soro e prateleiras, entre outras intervenções. Cada enfermaria comporta oito leitos.

No ano passado, o HGG e o Hospital Ferreira Machado receberam investimento de R$ 1,3 milhão em aparelhos (de anestesia, desfibriladores, monitores multiparâmetro e ventiladores pulmonares pressométrico e volumétrico) para a Unidade Intermediária da Emergência, Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP) e CTI adulto e ainda colchões e enxoval


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.