Muitos vereadores e pouco trabalho na Câmara de Campos

Vereadores estão de recesso parlamentar até o dia 15 de fevereiro


10 de Janeiro de 2019 | 17h15

A Câmara de Campos tem 25 vereadores, obedecendo a regra que define o número máximo de vereadores conforme a população do município. No entanto, nas ruas da cidade, principalmente nos bairros mais afastados da área central e nos distritos, os munícipes se queixam da falta de um representante do Legislativo para atender as demandas dos moradores.

Seja a falta de transporte público, médicos nas unidades de saúde ou mesmo de obras de saneamento básico, os problemas são diversos e a sensação de abandono se faz presente em vários pontos do município.

- No período de campanha eles aparecem aqui para pedir voto. Fazem promessas e depois que são eleitos eles somem. A gente não tem para quem fazer uma solicitação. Quando a gente vai à Câmara os gabinetes estão sempre cheios. Acho que seria melhor se cada mês um grupo vereadores visitasse os distritos de Campos -, afirmou um morador de Morro do Coco.

Durante o ano de 2018 a Câmara realizou um total de 84 sessões ordinárias, quatro extraordinárias e duas solenes, além de 14 audiências públicas. Foram 228 projetos debatidos, além de requerimentos e indicações.

A Câmara de Campos está de recesso parlamentar e retorna as sessões ordinárias no dia 15 de fevereiro. Mas, de acordo com a assessoria, as atividades administrativas e os gabinetes dos vereadores estão trabalhando e atendendo à população.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.