Coronel Mauro Aurélio Vollmer assume comando do 6º CPA

Comandante afirmou que vai se dedicar ao máximo para honrar a sociedade de bem


09 de Janeiro de 2019 | 15h53

O Coronel Marco Aurélio Vollmer assumiu o 6º Comando de Patrulhamento de ÁREA (CPA), de Campos, durante solenidade na tarde desta quarta-feira (09), no auditório do CPA. Ele assume no lugar do coronel Friederik Bassani. Em seu primeiro discurso, o novo comandante lembrou da crise financeira pela qual o Estado do Rio de Janeiro passa e a responsabilidade que tem pela frente.

- Minha principal ação é trabalhar ao máximo, me empenhar ao máximo. Foi o que eu sempre fiz independente de crise. Neste momento de crise nós temos que criar as coisas para corresponder aos anseios da sociedade. Sei que a responsabilidade é muito grande, mas todos podem ter certeza que eu vou me dedicar ao máximo para poder honrar minha corporação e honrar a sociedade de bem, que quer uma Polícia Militar atuante -, ressaltou Vollmer.

O comandante salientou que tem algumas metas e planos traçados, mas que por questões estratégicas não vai divulgar no momento. “Meus planos não posso divulgar neste momento, mas em breve todos vão saber. Todo desafio é bom porque a gente cresce com grandes desafios. Eu tenho vocação e vou cumprir minha missão”, frisou.

Ainda de acordo com o coronel Vollmer, a questão de segurança pública não depende somente da polícia. “A segurança pública está envolvida em todos os setores, todos os lugares. O problema do dependente químico reflete na segurança pública, o problema das drogas lícitas que acabam refletindo na segurança pública, entre outras coisas. Com o apoio da população, mesmo na dificuldade, a gente vai fazer tudo que for possível”, afirmou.

O comandante Vollmer contou que trabalhou dois anos e seis meses em Macaé e dez meses em Itaperuna.


1 COMENTÁRIO


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Jorge

09/01/2019 | 23h04
Um exelente profissional. Deixa sua marca por onde passa. Inteligência...humildade e responsabilidade . Um profissional de conduta ilibada. Parabéns ...a Pmerj está muito bem representada . Quem ganha é a população!