Witzel quer antecipar a formatura de soldados para convocar mais PMs

A meta é de chamar 500 nomes ainda em janeiro


08 de Janeiro de 2019 | 12h21

O bom andamento das aulas de formação do curso para soldados da Polícia Militar do Rio pode antecipar a previsão de formação das primeiras turmas que tomaram posse em 2018. Segundo integrantes do corpo docente do curso, cerca de 400 servidores podem iniciar suas atividades como policiais formados a partir de março, e outros 400 estão com previsão de formação para o final de abril. A previsão anunciada em 2018 era de formação somente após um ano de curso, o que estenderia as aulas até o segundo semestre deste ano.

A antecipação das formações se dá pela carga horária das turmas. Os futuros soldados chegam ao Centro de Formação de Praças (Cfap) às 7h e deixam o local às 18h. As aulas vão de segunda a sexta. A previsão é de que a primeira turma inicie seu estágio nos batalhões já em fevereiro.

No sábado, o governador Wilson Witzel reforçou o desejo de convocar parte dos aprovados no concurso de 2014. A meta é de chamar 500 nomes ainda em janeiro. Apesar do desejo, Witzel não incluiu as convocações em seu plano de metas iniciais para os primeiros 180 dias de sua administração.

Hoje, 3.383 nomes aguardam a homologação de suas convocações. Durante a campanha, Witzel reforçou o seu desejo de convocar, logo nos primeiros meses de governo, cerca de três mil servidores para reforçar a corporação.

Entre as metas impostas à Secretaria de Polícia Militar estão a redução do número de mortes de agente e a realocação de 400 agentes que estão em outras áreas da corporação, por exemplo.

 

 

Fonte: Extra Globo


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.