Suspeitos na morte de taxista são presos pela Policia Civil

Eles estariam seguindo sentido a Bahia no momento da abordagem 


08 de Setembro de 2018 | 13h46

Quatros suspeitos de participarem da morte do taxista José Oliveira dos Santos, de 64 anos, foram presos pela Policia Civil de Serra, no Espírito Santo e em Vitória da Conquista, na Bahia. Entre eles está Deviano Fernandes Lima, que estava foragido da justiça. Ele já estava no Portal de Procurados, onde a recompensa era de R$ 5 mil.  

Segundo a Polícia Civil de Campos, os suspeitos estavam no Espírito Santo e seguiam para a Bahia, mas foram presos no percurso e transferidos para a delegacia de Campos, 134º DP. Os suspeitos não informaram a motivação do crime.  

 

Relembre o Caso 

O Corpo de José de Oliveira Filho, de 64 anos, foi encontrado com marcas de tiros no final da noite da última terça-feira (4) às margens da BR-101, na altura de Rio Bonito, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. 

De acordo com a Polícia Civil, o taxista foi morto com um tiro na nuca. O corpo do idoso foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Araruama, na Região dos Lagos.  

Ainda segundo os policiais, a família de José de Oliveira Filho informou que a vítima tinha aceitado uma viagem na segunda-feira (03), para trazer dois casais com cinco crianças da capital paulista para Campos no valor de R$ 1.500.  

Na manhã de terça (04),  O carro de da vítima foi encontrado com marcas de sangue em Ibitioca, distrito de Campos. O Veículo passou por perícia na 134ª Delegacia Legal do Centro de Campos. 

O desaparecimento do taxista é investigado na 9ª Delegacia do Carandiru, em São Paulo, onde o caso foi registrado. Até o momento, nenhum suspeito foi localizado. 

 

Fonte: Redação


2 COMENTÁRIOS


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Waltair

08/09/2018 | 17h52
Esses tipos de crime e estrupo tem,que botar a pena de morte.

Waltair

08/09/2018 | 17h51
Esses tipos de crime e estrupo tem,que botar a pena de morte.