Campos: Quando os Royalties de petróleo não trazem felicidade

O município atingiu um crescimento de 20,71% comparado ao ano anterior


08 de Agosto de 2018 | 17h27

O Município de Campos dos Goytacazes teve um crescimento significativo, da sua respectiva receita dos royalties e das participações especiais, no primeiro semestre do ano de 2018, em relação ao mesmo período do ano de 2017. Por conta, obviamente, da melhora do preço do barril do petróleo, da taxa de câmbio e dos poços do pré-sal.

Campos atingiu um crescimento de 20,71% de janeiro a junho de 2018/2017. Apesar de essa gorda contribuição aos orçamentos do município, as formas de utilizar o dinheiro permanecem a critério de governantes, e, portanto, sujeitas a interferências de ideologia, proposta de governo e uso eleitoreiro.

Tanto dinheiro, no entanto, não está servindo para resolver questões básicas da cidade, como nas áreas da saúde, educação e transporte público. Mesmo com uma maior receita dos Royalties no município, infelizmente não resultou em uma grande diferença de melhora para a população campista. Afinal, não é que o dinheiro não traga felicidade. Dinheiro mal aplicado é que gera tristeza.

 

Fonte: Redação


1 COMENTÁRIO


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.


Aledala Miranda Cherene

08/08/2018 | 23h22
É que os Tais Opositores Campistas só Torcem para Lideranças de Fora, os tais Políticos Forasteiros quê do Prometem, como Madeira Franco, Dornelles, Cabral, Pisciane, Pezao e sua Tribo, que só Subtraem e para isto Preferem Eleger um Prefeito Amador Admistrativamente e Politicamente sem Representatividade, não que seja má pessoa, mas Amador até para Vereador... Não se Compara nem de perto àos Ex-Governadores do ERJ e Gestora Rosinha Garotinho e Antony Mateus Garotinho e sua Inegável Liderança e Força Politica Estadual e Nacional; o Único que tem Cacife para Brigar de Igual por Campos e Estado do Rio de Janeiro e seus Municípios, Pq tem Apoio Eleitoral e Infelizmente é atacado Impiedosamente pela Grande Mídia Burguesa e as Locais Endossam.