Líder comunitário é morto com 12 tiros dentro de casa

O homicídio está sendo investigado pela 123ª DP


01 de Julho de 2018 | 08h54

O presidente da Associação de Moradores do bairro das Malvina, conhecido como “Juvenal Malvinas”, foi morto a tiros na tarde do último sábado (30), dentro de casa, no distrito de Bicuda Grande, em Macaé.


De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi assassinada com pelo menos 12 tiros. A polícia fez buscas na região, mas até o momento ninguém foi preso. A motivação do crime ainda não foi revelada.


O homicídio está sendo investigado pela 123ª DP (delegacia de Macaé).

 

Fonte: Redação


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR


* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.